Ziembinski, Aquele Bárbaro Sotaque Polonês
Aleksandra Pluta (autor)

R$ 69,00


Dizer que Zbigniew Ziembinski foi o mestre que efetivou na prática cênica, na década de 1940, as aspirações de modernização do teatro brasileiro é hoje um truísmo. Todos os estudos relativos a esse fenômeno o dizem de uma maneira ou de outra, não importando os reparos críticos que levantem em relação à intervenção do diretor polonês no processo. De todas as desgraças que a IIGuerra Mundial provocou na vida de milhões de europeus, o encenador teve o seu quinhão, o que foi, por paradoxal que pareça, uma sorte para a nossa cena e para o nosso movimento teatral. Pois, em tal contexto, a emigração polonesa ao Brasil estava destinada a tornar-se propriamente um marco para o teatro brasileiro, tanto pela qualidade dos que aqui aportaram, a exemplo de Turkow e Stypi?ska, como pelo momento cultural vivido. Daí por diante, a confluência entre os experimentados recém-chegados e os grupos amadores nacionais de vanguarda deu início a uma revolução. Ziembinski, muito marcado pelo expressionismo e sua poética, cuja linguagem dominava com mestria, mostrou em Vestido de Noivae Desejo, entre outras, que não se deixava enredar por nenhuma ortodoxia, destacando-se pela flexibilidade com que variava seu estilo e repertório conceitual, explorando e integrando o naturalismo e o expressionismo com diferentes procedimentos e expressões cênicas. Se é verdade que a atuação e o teatro em geral só têm um tempo, o hoje, não o é menos, como evidencia Aleksandra Pluta neste Ziembinski, Aquele Bárbaro Sotaque Polonês, que o teatro brasileiro de hoje deve muito ao homem que trouxe consciência e luz aos nossos palcos.
J. Guinsburg
Indicar este livro
 Gostaria de receber informes e promoções da Editora Perspectiva.
Dê a sua opinião sobre a obra
Antes de escrever seu comentário, leia, por favor, as regras e orientações sobre este espaço:

  • os comentários devem ater-se ao livro sobre o qual se refere e a temas estritamente relacionados a ele;
  • o texto deverá ter no máximo 700 caracteres;
  • a editora Perspectiva reserva-se o direito de não publicar comentários preconceituosos ou racistas, observações grosseiras ou que agridam a honra de qualquer pessoa ou grupo de pessoas, textos sobre opiniões de outros leitores, bem como informações de conteúdo comercial;
  • as críticas apresentadas passarão a ser de domínio do site da editora.
700 carac.
Sumário

Agradecimentos

11

Um Ziembi?ski Que Perdeu o “?”

(Mas em Troca Recebeu o Título de Pai do Teatro Brasileiro Moderno)

13

1.     Mamãe, Vou Ser Ator: A Infância de Ziembi?ski

21

2.     Ziembi?ski nos Palcos Poloneses

39

3.     Sou Obcecado Pelo Drama Burguês

55

Críticas da Imprensa Polonesa do Entreguerras

4.     O Teatro Polonês Durante a Guerra

81

5.     Esboço de História da Imigração Polonesa no Brasil

99

6.     Um Visto Para a Lua

113

7.     “Não Estou Entendendo Nada, Mas É Maravilhoso”

 (Os Comediantes e “Vestido de Noiva”)

123

8.     Poloneses nos Palcos Brasileiros

149

9.     O Misterioso Gottlieb von Sambor

165

10.  A Mudança do Rio de Janeiro Para São Paulo

(Zimba e Cacilda Becker no Teatro Brasileiro de Comédia)

177

11.  Da Hegemonia do Ator Para a Hegemonia do Diretor

199

12.  Aquele Bárbaro Sotaque Polonês!

219

13.  O Emigrante Volta

227

14.  Confusão em Torno de uma Paternidade

243

15.  Despedida

251

 

Anexos

271

199 Notas

307 Biografia

311 Índice de Nomes

 

SOBRE O LIVRO
assunto: biografia
coleção: perspectivas
formato: 16x23 cm
páginas: 320
acabamento: brochura
edição: 1ª 2016
peso: 508 g
ISBN: 9788527310727
Aleksandra Pluta
LIVRO PUBLICADO

Editora Perspectiva
Av. Brigadeiro Luís Antônio, 3025
Jardim Paulista, São Paulo - SP
01401-000
(11) 3885 8388

Contato

Preencha com o seu nome e e-mail e receba informações sobre a Editora Perspectiva.

Desejo receber informações sobre promoções, lancamentos e eventos da Editora Perspectiva

Redes Sociais

 

Copyright 2017, Editora Perspectiva